Taxonimia e regras de nomenclatura científica


Fundamentos da classificação biológica

Devido a grande variedade de seres vivos foi necessário que os cientistas criassem um sistema para classificar e organizar os animais de acordo com seus parentescos evolutivos, então foi criada a taxonomia.

A Taxonomia ajuda a agrupar os seres vivos por semelhança em grupos hierárquicos chamados de táxons. Então nós temos a seguinte definição: taxonomia é o ramo da biologia que organiza e classifica os seres vivos em categorias.

De acordo com padrões encontrados em grupos de determinados animais, esses padrões indicam um parentesco evolutivo assim ajudando os cientistas a compreender a diversidade das espécies.

Resumindo: o objetivo da taxonomia é descobrir onde estão todas as ramificações da árvore evolutiva.

Categorias taxonômicas

As categorias mais abrangentes são: domínio, reino, filo, classe, ordem, família, gênero e espécie, as categorias domínio e reino foram criadas mais recentemente e o restante por lineu.

Domínio

Como havia muitas formas de vida que lineu não conhecia tivemos que colocar um novo táxon chamado de domínio acima de seu reino de classificação. Este é o táxon mais elevado de todos e dentro dele ficam os domínios bacteria, archaea e eukarya.

Domínio eukarya

O domínio eukarya inclui todos os seres vivos com células eucarióticas e este domínio inclui os seres humanos junto com outros organismos pluricelulares e unicelulares. Estas células eucarióticas são células que contém núcleo ao contrário das células procarióticas.

Reinos

A categoria reino se divide em: monera, protoctista, fungi, animalia, plantae. O reino monera se divide em archaea e eubacteria.

Reino Fungi

é representado pelos fungos, são os cogumelos, bolores, leveduras etc.

Reino Monera

Este grupo é composto pelas arqueas e bactérias que são seres procarióticos ou seja possuem células sem separação física entre o material nuclear e o citoplasma.

Reino Protoctista

Este reino inclui organismos com origens evolutivas diferentes o que acaba gerando grandes polêmicas, e os protoctistas podem acabar sendo divididos em vários reinos.

Por enquanto os representantes deste reino são os protozoários, seres eucarióticos, unicelulares, e heterotróficos e as algas que são autotróficas fotossintetizantes, eucarióticos, unicelulares ou multicelulares.

Reino Animalia

Este é o reino em que nós nos encontramos composto por organismos multicelulares, heterotróficos e eucarióticos.

Reino Plantae

Composto pelas plantas neste reino os organismos são eucarióticos, multicelulares e autotróficos fotossintetizantes. As plantas, musgos, samambaias e pinheiros são os principais representantes deste reino.

A imagem abaixo mostra como funciona todo o esquema descrito acima.



Regras de nomenclatura

Além de criar um sistema de classificação Carl Von Linné também criou a nomenclatura binominal e suas regras são as seguintes:

1° O nome de todo ser vivo devia ser composto por duas palavras, a primeira é o epíteto genérico e a segunda o epíteto específico.

2° Os nomes devem ser escritos em latim e a primeira letra do epíteto genérico deve ser sempre maiúscula e a do epíteto específico minúscula.

3° O nome deve estar sempre destacado, então você deve sublinhar-lo ou escrever em itálico.

A imagem a seguir mostra como escrever o nome científico da tilápia do nilo.



  • Facebook
  • YouTube